Aliança Particular bruto 2005

Venho agora deixar a nota de um espumante que provei nesta época festiva, muitas vezes aproveitada para beber mais este tipo de vinhos, isto apesar, e muito bem, de serem cada vez mais apreciados fora das celebrações. Um hábito muito nosso que está a mudar aos poucos, para bem do consumidor a para bem deste tipo de vinhos, que bem o merecem.

A Aliança é um dos mais antigos e importantes produtores de espumante em Portugal. Sediada em Sangalhos, teve e continua a ter um papel importante no melhoramento da qualidade e na afirmação destes vinhos, tanto ao nível regional (maior fatia) como ao nível nacional.
Eu sou cada vez mais adepto de começar uma refeição com um espumante, tanto como aperitivo como a acompanhar entradas.
Este Aliança Particular é um espumante ideal para o efeito. Num jantar caseiro com um grupo de amigos, foi servido como aperitivo e depois a acompanhar entradas frias e alguns patés. Foi um casamento perfeito e mereceu as palmas dos convivas.

Feito com as castas Chardonnay e Baga, passou 36 meses em garrafa antes do dégorgement.
Tem uma cor amarelo citrino esbatido. A bolha é fina e persistente. Aroma de boa intensidade, onde se notam citrinos a lembrar limão e toranja e ligeiro tropical, com papaia. Notamos ainda aromas de biscoito e fermento e ligeira manteiga. Boca com bom volume, bela acidez. Continuamos com os citrinos e ligeiros tropicais a acompanhar uns biscoitos de manteiga. Tudo muito fino e persistente.

Temos aqui um espumante de belo efeito, num dueto entre o Chardonnay e a Baga, aliás, muito característico da Bairrada. Elegante, boa persistência, está muito bom para ser bebido nesta altura, na sua plena juventude. Uma boa aposta. 16.
publicado por allaboutwine às 12:00 | link do post