Herdade dos Grous Reserva 2004

Temos aqui mais um dos grandes projectos recentes do sul do país, em Albernoa, perto de Beja, e porque não dizer, de Portugal. Um empresário alemão decidiu apostar no Turismo Rural e na produção de vinhos de qualidade. Chamou Luis Duarte, reputado enólogo português, para gerir o projecto e para fazer os vinhos da Herdade dos Grous. Começaram com a colheita de 2004, com um DOC do ano e com um Reserva que foi logo consagrado como o melhor do ano no Alentejo. Uma grande estreia. É esse vinho que apresento aqui.
Feito com um blend de várias castas como o Alicante Bouschet, Touriga Nacional e Syrah e com um estágio de 12 meses em barricas novas de carvalho francês, cai no copo com uma cor vermelha bem escura. Aroma concentrado, com notas frutadas de cerejas e ameixas, alguma compota e marmelada mas sem nunca cair numa grande doçura. Balsâmicos a lembrar cera e alguma graxa e também uma boa dose de menta. Resta espaço para chocolate e ligeiro café. A boca é encorpada, boa acidez, taninos redondos. A fruta aparece elegante, bem combinada com especiarias e balsâmicos. Belo final, complexo e guloso.
Que grande estreia do produtor. Um vinho com uma excelente dose de complexidade, muito guloso. É dificil não gostar dele. Imagino quando as vinhas atingirem o estado adulto, os vinhos que de lá sairão! 18.
publicado por allaboutwine às 14:27 | link do post