Segunda-feira, 09.03.09

Mais uma razão para festejar

Todas as razões são boas para festejar, mas umas são melhores que outras. São momentos em que não nos importamos de abrir as nossas melhores garrafas e partilhamo-las com os nossos mais queridos. Foi assim quando tive a notícia de que ia ser pai, aquando do seu nascimento e aniversários. Nestas alturas a prova atenta dos vinhos é impossivel, mas por outro lado são momentos únicos, momentos de saborear e partilhar esses grandes vinhos, de ter e dar prazer.
Foi o que aconteceu recentemente ao ter a notícia de que vou ser tio. Foi com o meu irmão que celebrei a noticia da minha paternidade e na altura lembro-me muito bem do vinho que bebemos, um Chryseia 2000. Um dos melhores vinhos da minha vida. Agora, para esta celebração, escolhi um Tapada Coelheiros Garrafeira 2001 e um Quinta do Vallado Reserva 2003.
Estava um pouco apreensivo em relação ao Coelheiros, mas mostrou-se um grande vinho, numa excelente fase, muito complexo, com a fruta ainda bem presente. Está numa fase de transição e a ganhar aromas terciários como fruta em passa, cera, muitas especiarias. Longo e fresco na boca. É um grande vinho.
O Vallado Reserva foi bebido a seguir. Apresentou-se muito diferente desde que o tinha provado aquando a sua saída, num perfil mais austero, mais fechado, sem a fruta e vigor da juventude. Mas é um belo vinho, especiado, mineral e com fruta espessa. Talvez não o tenha apanhado numa boa fase, mas certamente que irá dar muitas alegrias lá mais para a frente.
E assim preparamo-nos para mais uma fase da nossa vida, onde importa deixar descendentes mas que acima de tudo importa deixa-los bem e de preferência com bons vinho, tais como estes.
publicado por allaboutwine às 13:38 | link do post | comentar | ver comentários (1)

2 anos de vida



Cheguei ao segundo aniversário do Pingamor. Confesso que não esperava que este projecto durasse tanto tempo. Já houve muitas alturas em que estive quase a abandonar o blog devido a muitas razões. Falta de tempo, falta de paciência, algum desinteresse e desilusões com que este mundo do vinho me brindou. Mas acabei por continuar, algumas vezes tive de ser empurrado por amigos e pelas vossas palavras de apreço e sobretudo pelo amor que tenho pelo vinho. No fim de tudo, parece que ainda vão ter de me aturar por um bom tempo. Vou fazendo aquilo que gosto, umas vezes provando, outras vezes apenas bebendo sem preocupações de maior, mas tendo sempre o prazer de falar sobre isso neste espaço.

tags:
publicado por allaboutwine às 06:38 | link do post | comentar | ver comentários (11)

mais sobre mim

pesquisar neste blog

 

Março 2009

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28

posts recentes

últ. comentários

  • Olá Miguel,Sou leitor atento do teu blog e não res...
  • Aqui parece que não concordamos. Eu acho este 2007...
  • José Diogo,É realmente um belo porto com um grande...
  • Olá André.Sê vem vindo a esta humilde casa. Fiquei...
  • Também o achei bem austero na abertura. Ao princíp...
  • Oi Miguel, muito de acordo com o teu descritivo, u...
  • interessante.
  • Nesta prova já não concordo assim tanto, pessoalme...
  • Completamente de acordo com esta nota de prova!Ali...
  • Bom dia, estamos a lançar um projecto de blogue de...

Posts mais comentados

arquivos

tags

todas as tags

links

subscrever feeds