Sexta-feira, 21.03.08

Catarina 2007


Castas: Fernão Pires e Chardonnay.
Estágio: Parcialmente em barricas novas de carvalho francês.
Enologia: Filipa Tomás da Costa e Vasco Penha Garcia.
Preço: 4€.
Vol: 13,5%.

Cor amarela esverdeada, pouco intensa.
Aroma delicado com notas de pêra, pêssego em calda, alguma frescura citrina a lembrar toranja. Fundo mineral.
Boca com boa frescura, mediana no corpo. Muitas notas citrinas a par de pêra e ligeira passagem por frutos secos. Bom final com ligeira secura.
Vinho muito bem feito, pela facilidade de prova e pelo prazer que propociona. Com alguma complexidade e boa frescura. 15,5.
publicado por allaboutwine às 12:42 | link do post | comentar

Adegaborba.pt Reserva 2004

Castas: Trincadeira, Cabernet Sauvignon e Alicante Bouchet.
Estágio: 12 meses em carvalho francês e americano.
Enologia: Óscar Gato.
Preço: 8€.
Vol: 14%.

Cor com boa concentração.
Belo aroma, com complexidade. Boas notas frutadas, com amoras e cerejas, a par de belos balsâmicos. Tudo acompanhado por grãos de café e chocolate.
Boca com bom corpo, com elegância. Acidez bem integrada e taninos redondos e saborosos. Mantém a complexidade do aroma. Continua a fruta, o café, um leve achocolatado. Tudo sobre fundo balsâmico. Final frutado e fresco.
Temos aqui um belo vinho a um grande preço. Talvez a melhor relação qualidade/preço que conheço. Esta adega é cada vez mais um certeza. 17.
publicado por allaboutwine às 12:27 | link do post | comentar | ver comentários (7)

Dorado Superior Alvarinho 2005

Castas: Alvarinho.
Estágio: Inox.
Enologia: Fernando Moura.
Preço: 12€.
Vol: 13%.

Cor amarelo pálido.
Aroma intenso, notando-se uam grande frescura. Notas frutadas de marmelo e alperce, envolvidos em fundo mineral muito acentuado.
Boca encorpada, com a acidez a marcar forte presença. O palato é marcado por uma forte mineralidade e levemente frutada. Final longo e muito fresco.
Um vinho feito de uma casta que muitos dizem ser a melhor casta branca portuguesa. É um Alvarinho poderoso, cheio de frescura. Fortemente pontuado e aplaudido pela critica nacional e internacional é um vinho que poderá dar grandes alegrias lá mais para a frente, dado que apresenta grandes argumentos de guarda. 16,5.
publicado por allaboutwine às 11:59 | link do post | comentar

Monte do Pintor Reserva 2004

Castas: Tricadeira e Aragonês.
Estágio: 12 meses em barricas de carvalho Allier.
Enologia: Paulo Laureano.
Preço: 20€.
Vol: 14,5%.

Cor escura.
Aroma fechado com quimicos a lembrar cartão. Com o tempo no copo aparece a fruta vermelha em pleno com leve vegetal, mas sem deixar de se sentir grande austeridade.
Boca com bom corpo, acidez forte e taninos controlados. Muitas notas queimadas, tostadas, quimicos austeros, ligeita fruta e toque achocolatado Bom final.
Este alentejano, da zona de Igrejinha, perto de Arraiolos, é um vinho dificil, muito austero e fechado. Demasiadas notas tostadas e queimadas, a tapar a fruta, mostra que o vinho não está numa fase agradável. Vamos ver é se alguma vez estará. 16.
publicado por allaboutwine às 11:18 | link do post | comentar

mais sobre mim

pesquisar neste blog

 

Março 2008

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
31

posts recentes

últ. comentários

  • Olá Miguel,Sou leitor atento do teu blog e não res...
  • Aqui parece que não concordamos. Eu acho este 2007...
  • José Diogo,É realmente um belo porto com um grande...
  • Olá André.Sê vem vindo a esta humilde casa. Fiquei...
  • Também o achei bem austero na abertura. Ao princíp...
  • Oi Miguel, muito de acordo com o teu descritivo, u...
  • interessante.
  • Nesta prova já não concordo assim tanto, pessoalme...
  • Completamente de acordo com esta nota de prova!Ali...
  • Bom dia, estamos a lançar um projecto de blogue de...

Posts mais comentados

arquivos

tags

todas as tags

links

subscrever feeds