Sábado, 16.06.07

Quinta da Bacalhoa 2004


Eu tenho uma aversão ao Cabernet, não gosto dos aromas verdes que muitas vezes aparecem. Os Bacalhoa são, para mim, os melhores exemplares desta casta em Portugal. São aqueles que consigo beber com algum prazer. Depois de provados os 2001 e 2003 vem este 2004. É um vinho complexo, com muita fruta preta e o tal lado vegetal verde (pimentos). Será que já é mania? Tem bom corpo e uma boa frescura, dando-lhe um longo final. Reconheço que são bons vinhos, mas decididamente ainda nenhum me encheu as medidas. 16.
tags:
publicado por allaboutwine às 13:40 | link do post | comentar

Solar das Bouças Loureiro 2006


É o segundo Loureiro de 2006 provado aqui no Pingamor. Este bem melhor que o outro. É um típico vinho de Verão, muito fresco, leve no corpo, algum pico, alimonado. Fácil de beber. Quem não gosta, de vez em quando de um vinho assim. 14,5.
tags:
publicado por allaboutwine às 13:16 | link do post | comentar

Caves de Santa Marta Vintage 2000

Vi este vinho à venda no Modelo por 25€ e não hesitei. Bebi-o por duas vezes e posso dizer que com este preço é um achado. Ainda escuro na cor, cheio de garra e bem estruturado. Tenho dificuldade em provar este tipo de vinho. Também dado os preços deles, bebo-os pouco. Em relação a este, posso dizer que gostei muito. Ele é elegante, apresentando fruta viva, flores e confeitaria. A boca apresenta-se fresca e com um longo final. Dá prazer. 17.
tags:
publicado por allaboutwine às 12:56 | link do post | comentar

Casa de Santar 2004


Os vinho deste produtor, agora sob tutela da Dão Sul, tem a faculdade de me agradar. Provei recentemente o reserva 2003, que gostei muito, e o branco 2006, este um belo vinho de verão. Este colheita de 2004 é um vinho que tem alguma complexidade, elegância e intensidade. Muita fruta fresca, flores, chocolate. Prevejo que vai agradar a muita gente, pelo menos a mim aconteceu. 16.
tags:
publicado por allaboutwine às 12:40 | link do post | comentar

Calços do Tanha Reserva 2004

Depois de umas férias o sul de Portugal, onde também tirei uma férias do computador e consequentemente do Pingamor, abri com chave de ouro esta pequena reentré. É um belo vinho, moderno, com boa fruta, chocolate, abaunilhado, ainda a crescer na garrafa. Depois de ter provado à uns meses o 2003, este muito mineral, carregado de xisto e outras pedras, o 2004 vem mais apelativo mas sem ser um vinho directo. 17.
tags:
publicado por allaboutwine às 12:32 | link do post | comentar | ver comentários (1)

mais sobre mim

pesquisar neste blog

 

Junho 2007

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
18
19
20
25
26
27
28
29
30

posts recentes

últ. comentários

  • Olá Miguel,Sou leitor atento do teu blog e não res...
  • Aqui parece que não concordamos. Eu acho este 2007...
  • José Diogo,É realmente um belo porto com um grande...
  • Olá André.Sê vem vindo a esta humilde casa. Fiquei...
  • Também o achei bem austero na abertura. Ao princíp...
  • Oi Miguel, muito de acordo com o teu descritivo, u...
  • interessante.
  • Nesta prova já não concordo assim tanto, pessoalme...
  • Completamente de acordo com esta nota de prova!Ali...
  • Bom dia, estamos a lançar um projecto de blogue de...

Posts mais comentados

arquivos

tags

todas as tags

links

subscrever feeds