Ramos Pinto Collection tinto 2007

Agora vou falar na terceira edição da gama Collection da Ramos Pinto. Através do espírito empreendedor de Francisco Nicolau de Almeida, nasce em 2005 uma gama de vinhos tintos, que retratam em forma de colecção os famosos cartazes da Ramos Pinto. Dessa vasta colecção "A Jovem do Regalo" foi o poster eleito para a elaboração do rótulo do Collection 2007. Este cartaz
foi encomendado por Adriano Ramos Pinto em 1911 a Mateo Rossoti, pintor italiano de renome internacional.


Este vinho foi produzido com as uvas velhas da Quinta do Bom Retiro e das maduras da Quinta da Ervamoira, tal como são os Duas Quintas Reserva. A elegância e finesse do Cima Corgo e estrutura do Douro Superior. 30% Touriga Franca, 30% Touriga Nacional e os restantes 40%, uma mistura de castas. As uvas são vindimadas manualmente e vinificadas nos tradicionais lagares de granito e também em inox. Passaram para tonéis de carvalho francês, onde lá ficaram 40% em estágio, com o restante a irem para cubas de 2º e 3º ano durante 19 meses.
Temos assim um vinho com 15% de volume alcoólico, mas que não se notam na prova. O vinho entra no copo com uma cor escura e violácea.
Aroma intenso e muito frutado, onde podemos encontrar framboesas, amoras, morangos, cerejas. Alguns balsâmicos, com notas de eucalipto. Fundo mineral. A boca é encorpada e muito fresca. Confirma a fruta que encontramos no nariz, generosa, luxuosa. Abandona-nos com um leve traço mineral após longa permanência.


Assim, temos um vinho que se centra na fruta abundante, mas nada enjoativa. Antes muito elegante e com uma certa finesse. Muito bem feito, dá prazer, é muito equilibrado. Está um belo vinho e está para durar uns bons aninhos em garrafa. 16,5.
publicado por allaboutwine às 04:16 | link do post