Soalheiro Alvarinho Reserva branco 2007


Aproveitei uma data importante para abrir este vinho que, por feliz coincidência, abrangeu dois aniversários, o meu e o do João Carvalho, festejados em Vila Viçosa. Depois de abrirmos alguns brancos, chegou a vez deste Alvarinho que tanto deliciou a nossa crítica especializada. Lembro que foi prémio de excelência da Revista de Vinhos desta ano. 
A colheita de 2006 (também provada nessa noite) já tinha prometido, tornando assim as expectativas muito altas para este 2007.

As uvas foram tratadas com todo o cuidado, apanhadas à mão para caixas de pequena capacidade e depois prensadas durante 48 horas. Após a prensagem, fermentou e estagiou em barricas de carvalho francês (novas e de segundo ano) em contacto com as borras e com batonnage.
Tem uma cor amarela intensa.
Aroma de média intensidade mas profundo, com notas minerais e fumadas entre fruta citrina (limão e casca de laranja) e alguma tropical (abacaxi). As especiarias como baunilha e cânfora embelezam o conjunto.
Boca cheia e com grande frescura. Marcada pelas notas minerais e citrinos, num conjunto potente e com longo final e especiado.

Temos aqui um grande vinho, encorpado, fresco e muito fino. Esta austeridade na juventude só lhe fica bem, prometendo assim um futuro risonho. No fundo, mais um grande vinho da quinta de João Cerdeira.
Os vinhos deste produtor já são um caso muito sério, encontrando-se no melhor que Portugal faz no que toca a brancos. Nós constatamos a qualidade colheita após colheita, com preços que não assustam ninguém e por isso agradecemos. 17,5.
publicado por allaboutwine às 05:26 | link do post | comentar | ver comentários (1)