Amália Garcia

Temos aqui um vinho de que muito se falou, devido ao seu grau alcoólico (17,5) e também pelo seu preço de venda ao público (75€). O vinho é uma homenagem de Francisco Nunes Garcia à sua mãe, Amália Garcia (já tinha acontecido o mesmo com o António Maria), feito unicamente com Alicante Bouschet e sem estagio em barricas, para poder mostrar todo o potencial da casta e deixar a bomba de fruta falar por si. Criou um pequeno "monstro"!
Como era esperado, a sua cor é negra, assustadora. O aroma é muito concentrado, cheio de fruta madura, compotada, a lembrar cerejas, ameixas, envolvidas em chocolate e balsâmicos finos, tipo verniz e cera. A boca é muito gorda, redonda e com uma boa acidez. Mantém a fruta gulosa, em compota, envolvida em chocolate e com fundo balsâmico. Final longo e muito guloso.
Este vinho tem de ser bebido no máximo a 16º para não se sentir o álcool, que anda sempre a querer saltar cá para fora. Fora este especto, é um vinho muito guloso, madurão, potente, onde talvez falte algum equilibrio ácido, mas que dá uma boa prova e que alegrará a muitos consumidores. Estou curioso em relação à sua durabilidade em garrafa. 16.
publicado por allaboutwine às 14:32 | link do post | comentar