Couteiro-Mor tinto 2008


De volta a Montemor e à Herdade do Menir, temos um tinto que é um dos meus favoritos para o dia a dia e especialmente para o Verão, época que não apetece beber tintos pesados e complexos.
Tinto feito de Aragonês, Trincadeira e Castelão e estagio em inox até ao seu engarrafamento.
Tem uma cor rubi escuro. Aroma intenso e jovem. Muita fruta a lembrar ameixas pretas maduras, morangos. Continua achocolatado e com ligeiro fumo. Boca de médio corpo, boa acidez. Frutada, com morangos e groselhas. Ligeiro chocolate. Final mediano, com fruta.
Continua na senda dos anos anteriores, bem feito, redondinho, que dá prazer beber. Não temos de puxar pela cabeça com aromas complexos. Por menos de 3 euros, é do que melhor anda no mercado. 15.
publicado por allaboutwine às 12:29 | link do post | comentar