Casal Figueira 2007

É triste quando os projectos acabam, ainda mais quando são bons projectos. É o caso do Casal Figeira, um produtor da Estremadura do sítio de A-dos-Cunhados. No ano passado, tivemos a triste notícia que iria acabar com a marca, pelos menos com estas características e neste local. É pena, dado que tinha vinhos bem interessantes, especialmente brancos elaborados com castas francesas como Marsanne, Roussane e Petit Manseng. Dalí saíram vinhos muito com personalidade muito vincada e diferente de tudo o que existe em Portugal. Bem hajam!
O vinho em prova é o branco da colheita de 2007, penso que a última a ser feita. Com uma graduação de 12,5% e a um preço de marcado abaixo dos 5€. Apresenta uma cor amarela citrina intensa. Aroma de média intensidade, com muita fruta madura a lembrar pêras, maças, alperce. Toques melados e algum chá. Ligeiro chocolate branco. A boca tem bom volume, acidez parca. Sabores de maça assada, alperce, ameixas maduras. Final mediano e algo plano.
Pode-se dizer que é um vinho fora do comum, um vinho algo pesado onde, na minha opinião, falta frescura para subir alguns patamares. Não vai ao encontro do meu gosto. Valeu pela curiosidade. 14,5.
publicado por allaboutwine às 06:19 | link do post | comentar