A opinião livre

Então o Sr. João Geirinhas resolveu opinar no recente espaço da Revista Vinhos, a quem desde já dou os parabéns pela iniciativa porque já fazia falta para dar apoio à edição escrita, e fê-lo da maneira mais tendênciosa possível. Está bem que devemos vestir a camisola da nossa empresa, do sitio que nos paga, mas a critica tem limites, sobretudo quando é feita com uma total falta de respeito por quem gosta e tenta aprender sobre o mundo dos vinhos. Nunca, na minha curta experiência vinica, vi um blog falar mal da maneira de provar e da maneira como cada um sente o vinho, como o Sr. Geirinhas fala dos bloggers. É uma pena, dada a responsbilidade que este senhor tem no sector.

Muitos de nós andamos nisto por gosto, por amor, e a coisa não fica nada barata, nada mesmo. Podemos criticar contrutivamente, de forma a melhorar, para acender uma discussão produtiva, e não para proveito próprio ou pelo simples gosto de dizer mal.

Tenho a maior admiração pelos provadores da RV, aliás, tenho-me guiado por eles nas minhas compras, e acho qe não precisam deste tipo de publicidade, deste tipo de "guerras", de alguém a quem não reconheço mérito nem provas dadas para tal.

Caro Sr. João Geirinhas, não receie os blogs, não receie a sua frontalidade e a sua independência. Eles vieram para falar de vinho, para discutir o vinho de uma forma autêntica e livre. Fazem-no por gosto, e não para combater poderes instalados.

Eles vieram para ficar, caso goste ou não.
publicado por allaboutwine às 12:06 | link do post | comentar