Casa de Santar 2006

Voltando ao Dão e a uma marca que tenho seguido há varios anos, fico-me pela vila de Santar, bem no coração da região vinícola. Desta casa saem as marcas de entrada Casa de Santar branco e tinto, os Reserva, um monovarietal Touriga Nacional e os topos de gama, Conde e Condessa da Santar. Debruçando-nos somente na gama de entrada e mais concretamente no tinto, são para mim dos vinhos com melhor relação entre o preço e a qualidade. Abaixo dos 6 euros, consegue-se beber um belo vinho, já com alguma complexidade e elegância única.
Esta colheita de 2006 não foge à regra. Feita com Touriga nacional, Tinta Roriz e Alfrocheiro, estagia 4 a 6 meses em barricas de carvalho americano.
Tem uma cor escura. Notas intensas de fruta vermelha como morangos e cerejas. Flores envolvidas em baunilha e ligeiro mineral. Boca com com corpo e bela acidez. Muito frutada, com as flores a acompanhar. Bom final, frutado.
Temos aqui um vinho muito bem feito, com fruta viva e com as flores características da Touriga. Sumarento e levemente especiado, é um deleite à prova. A minha aposta. 16.
publicado por allaboutwine às 04:13 | link do post | comentar