Valle Pradinhos Reserva 2004

Penso ser este o primeiro reserva da produtora. Desde cedo apostou na diferença ao plantar Cabernet Sauvignon em pleno vale do Douro, em altitude. Já os colheita são excelentes vinhos, com muita qualidade e com capacidade de evolução em garrafa. São vinhos sob batuta conhecedora de Rui Cunha em mais uma das muitas incursões em terras durienses.
O vinho em prova é um blend de Cabernet Sauvignon e Tinta Amarela e estagia em barricas de carvalho francês. Sai da garrafa com uma cor muito escura, quase opaca. O aroma é intenso e profundo. Nota-se a fruta madura a lembrar ameixas e mirtilos. Evolui para notas mais quimicas como verniz e acetona. Algum balsâmico a chão encerado. Depois aparece um lado mais vegetal a lembrar pimentos e acaba com chocolate preto amargo e café em grão. Fundo mineral. Boca gorda e com muito boa acidez. Profunda, espacial, com a fruta bem ladeada com os quimicos, chocolate e notas mais terrosas. Final longo e complexo.
Temos aqui um grande vinho, intenso, complexo, potente mas ao mesmo tempo elegante. Começa fechado, sem mostrar quase nada. Com o tempo no copo, brinda-nos com todo o seu potêncial e vontade de mostrar que é grande. Uma aposta mais que certa com um preço mais que justo, abaixo dos 30 euros. 17,5.
publicado por allaboutwine às 12:51 | link do post | comentar