Luis Pato Vinha Formal 2007

Continuando na senda dos brancos, viramo-nos mais para norte, mais precisamente para a Bairrada, terra da Baga e da Bical, casta com que é feito este vinho em prova. A Bical, juntamente com a Maria Gomes e o Arinto, são as principais castas brancas da região e que dão origem a vinhos frescos e originais, alguns deles capazes de durar muitos e bons anos em garrafa.
Um dos exemplos, senão o principal, que trata bem as castas da região e faz com elas grandes vinhos, alguns deles de verdadeira excelência, é Luis Pato.
O Vinha Formal é um destes casos. É um dos vinhos portugueses com mais originalidade, um vinho que não é fácil, longe da fruta fresca e tropical que reina, um vinho feito para acompanhar comida e para durar no tempo. É o topo de gama do produtor ao nível dos brancos e a sua prova vem constactar isso mesmo.
É um vinho 100% Bical e é fermentado e estagiado em barricas novas de carvalho francês. Tem uma cor amarelo quase dourado. Apresenta aromas fortes e intensos a caramelo, anis, fruta tropical madura e compotada, biscoitos, doce de abóbora e ligeiro mel. A boca é muito gorda e fresca. Final longo e complexo.
É um vinho que se ama ou odeia, com personalidade forte e longe do perfil tropical e limpo da moda. Eu gostei muito do vinho. É um grande branco. 17,5.
publicado por allaboutwine às 05:19 | link do post | comentar