Quinta da Leda 2003

Falar da Casa Ferreirinha á falar do Douro. É uma das grandes marcas do Douro, senão a maior.
A Quinta da Leda, adquirida pela empresa em 1978, nasce a base dos vinhos topo de gama da Casa Ferreirinha, nomeadamente os conceituados Barca Velha e Reserva Especial, e também Quinta da Leda e Callabriga. É uma quinta situada no Douro Superior, em Almendra, plantada com as castas tradicionais do Douro e que veio dar à empresa novos argumentos especialmente nos vinhos de mesa.
2003 foi um ano muito quente, de extremos, com vinho poderosos e cheios de fruta. Foi ano vintage de todas as grandes marcas e os próprios vinhos de mesa atingiram uma qualidade elevada. Os vinhos da Leda não foram exceção. Este Quinta da leda 2003 foi feito com as castas Touriga Nacional, Touriga Franca e Tinta Roriz. Estagiou cerca de 12 meses em barricas novas de carvalho francês.
Sai da garrafa com uma cor escura, ainda muito jovem. Aroma intenso e profundo. Notas de menta, seguidas de mineralidade. A fruta lembra cerejas e ameixas . Depois vêm as flores, com especial destaque para a esteva e rosmaninho. Ligeiro chocolate preto. Boca gorda e com boa acidez. A fruta aparece gulosa, com toques de chocolate e flores. Final longo e complexo.
Temos aqui um vinho que, apesar do ano quente, mantém uma boa frescura e compensa a fruta gulosa. Com uma bela estrutura e complexidade, é um vinho que está de plena saúde, com muito anos pela frente. Agora, dá muito prazer. 17,5.
publicado por allaboutwine às 05:51 | link do post | comentar