Monte da Penha Reserva 2001

Disse o Padre António Vieira acerca deste vinho: "Este vinho é aquele cordial simples, medicado pela Natureza, para alegrar o coração humano." Eu penso que é uma excelente máxima para este e para todos os vinhos. É uma excelente descrição desta dádiva da natureza muito bem aproveitada pelo homem.
Este Monte da Penha já se encontra um pouco evoluído para a idade que tem. Apresenta uma côr com laivos atijolados. O aroma detecta notas evoluídas, com muito pouca fruta, algum floral e chocolate com ginja. A boca apresenta uma boa frescura derivada de uma boa acidez. Corpo mediano assim como o final.
Devo confessar que não gosto muito de vinhos com tanta evolução. Não os compreendo muito bem. Também acho que para um vinho do ano de 2001 está demasiado "velho", mas isto é o meu gosto pessoal a vir ao de cima. 15.5.
tags:
publicado por allaboutwine às 13:39 | link do post | comentar