Kolheita 2003

Kolheita de Ideias é um projecto recente em terras durienses, e que tem como um dos mentores e responsável pela enologia um dos nomes que melhor interpreta o Douro, Luis Soares Duarte. Faz grandes vinhos e com preços em conta, geralmente mais baixos que os demais.
Este projecto, nascido com a colheita de 2001, desde logo marcou presença nos grupo das grandes vinhos do Douro, dos mais requisitados. Agora, com o aparecimento de tantas marcas novas, talvez esteja numa segunda linha, mas de forma injusta.
Produzido a partir de vinha muito velhas de baixa produção e vinificado em lagares tradicionais, estagia em barricas de carvalho francês. Sai da garrafa com uma cor granada escura. Aroma fino, vidrado, com notas de fumo e cabeça de fósforo. Mineralidade bem presente e com notas de terra molhada. Algum chocolate amargo e a fruta a aparecer na forma de ameixas. Cheiramos ainda flores e mato como esteva e alfazemas. A boca é bem gorda, com a acidez bem presente. Um misto de fruta, mineralidade e flores marcam o palato, sem nunca se tornar cansativo. Final longo e saboroso.
Temos aqui um vinho saido de um anos quente, mas que não é pesadão nem enjoativo. É bem complexo, estruturado, com pernas para aguentar ainda uns bons anos em garrafeira. Custa cerca de 30€ e a meu ver, bate-se muito bem com vinho que custam o dobro do preço. É uma escolha certa. 17,5.
publicado por allaboutwine às 12:22 | link do post | comentar