Reguengos Reserva 2006

Voltando às Adegas, mais precisamente aos seus vinhos, que têm vindo a crescer de qualidade ano após ano. Lembramos os casos da Adega Cooperativa de Borba, de Pegões, Monção. Estes são os casos mais gritantes de qualidade, quando se fala em vinhos de Adega. Mas não são os únicos casos, temos alguns casos em que não estão assim tão longe do pelotão da frente, como é o caso da Carmim, de Reguengos. Quem não se delicia com um belo Garrafeira dos Sócios?
Em prova temos o Reserva de 2006, um vinho que custa menos de 5 euros nas prateleiras de um supermercado. Um vinho que é feito com as castas tradicionais do Alentejo como o Aragonês, o Moreto, a Trincadeira e a Tinta Caidada. Estagia em depósitos durante um ano antes de sair para o mercado.
Sai da garrafa com uma cor rubi escuro. Aromas intenso e bem especiado, com canela e pimentas. Chocolate de leite e café acompanhado de fruta a lembrar cerejas e ameixas e alguma em passa. Boca com bom corpo e bela acidez.
Temos aqui um vinho muito bem feito, com uma excelente relação entre o preço e a qualidade. Uma excelente opcção para o dia a dia. Não é disto que andamos à procura? 16.
publicado por allaboutwine às 12:38 | link do post | comentar