Comenda Grande branco 2008

Depois do Comenda Grande tinto e do Polémico, provamos agora o branco do produtor de Arraiolos. Um branco que poderá não agradar a toda a gente, dado o seu perfil mais austero, com menos fruta da moda, intensa e gulosa. Abraçou antes um perfil mais sóbrio, também frutado, mas optando por aromas menos óbvios, como vamos ver.
As castas que entraram no lote foram o Antão Vaz, o Arinto e o Verdelho. Vinificação e estágio em cubas de inox.
Cor amarelo citrino.
Aroma de média intensidade. Notas de fruta tropical a lembrar manga, abacaxi, maracujá e algumas mais citrinas como toranja. Temos ainda um pouco de ameixas, com ligeiro bafo mais maduro, compotado.
Boca com bom volume e com boa acidez. Continua com a fruta tropical, também na companhia de fruta um pouco mais pesada, mais madura. Tudo num perfil agridoce. Bom final, com fruta a boa frescura.
Temos aqui um vinho que foge aos vinhos intensos e frutados, mas mantém durante a prova uma atitude mais moderada, com a fruta a aparecer, mas um pouco mais pesada, menos óbvia, mais austera. Feiro principalmente para acompanhar comida, onde se portará muito bem. 15,5.
publicado por allaboutwine às 13:44 | link do post | comentar