Vila dos Gamas branco 2008

Mais um vinho que provei em terras algarvias durante as minhas férias. Tentei beber vinhos simples, despreocupados, para também descansar e descontrair um pouco e não puxar muito pela cabeça. Afinal estamos de férias.
Fui ao Alentejo, mais precisamente à Vidigueira, buscar este branco. Conhecida pela qualidade dos seu vinhos brancos, muito famosos, a Vidigueira é a região onde a casta Antão Vaz sempre perdurou, onde ela se sente bem.
A Adega Cooperativa da Vidigueira, Cuba e Alvito é um dos grandes impulsionadores da região. Vinhos a preços muito apelativos e de boa qualidade, vinhos por vezes relegados sem o merecer só por serem de Adega, por puro preconceito.
Este Vila dos Gamas 2008 foi feito com as castas Antão Vaz, Manteúdo, Perrum e Roupeiro e estagia em inox.
A cor é amarela citrina. Aroma intenso com notas minerais. A fruta aparece na forma de melão, pêra, maça. Curiosas notas amendoadas. Boca mediana, tal como a acidez. Mantém a fruta de polpa branca e as notas amendoadas. Final mediano.
Um vinho que custa perto de 2 euros e que está bem feito. Não é complexo nem muito estruturado, mas dá uma boa prova, sem ser enjoativo, como acontece com muitos vinhos mais baratos.
Não tenham receio, este vinho não envergonha ninguém. 14,5.
publicado por allaboutwine às 12:06 | link do post | comentar