Guru 2006

Um dos nomes grandes do Douro, que todos os anos nos brinda com grandes vinhos, que tem como expoente maior o Pintas, um dos mais requesitados e difíceis de encontrar vinhos portugueses. O Guru é a versão branca do Pintas, um vinho de vinhas velhas, um vinho que devido ao seu preço é destinado a momentos especiais, momentos de pura enofilia.
Arrisquei neste vinho sem o provar antes, mas arrisquei com alguma dose de certeza. Este vinho só poderia ser uma boa compra, dado ser considerado pelos criticos, como um dos melhores brancos de Portugal. Não me enganei.
Proveniente de vinhas velhas de castas tradicionais do Douro, com predominância de Viosinho, Gouveio, Rabigato e Códega. Estagia em barricas de carvalho francês. Apresenta-se com uma cor citrina, jovem. O aroma é bem intenso, com entrada de notas abaunilhadas, caramelo, chocolate branco. A fruta aparece tropical, com lembranças de banana, ananás e manga. Alguns alimonados. O fundo é mineral, com notas de pó de talco. Boca com um belo corpo, muito boa acidez. O paladar mostra-nos a baunilha, frutos secos, caramelo, chocolate branco e a fruta tropical. Final longo e complexo.
O que posso dizer? que gostei muito deste vinho, que ele é um fora de série. Está numa fas muito boa, onde se nota a madeira mas sem esmagar a fruta e com uma bela acidez, que juntamente com o corpo, nos diz que temos vinho para uns bons anos. Não será do agrado de todos, mas do meu é de certeza. 18.
publicado por allaboutwine às 12:48 | link do post | comentar