Soalheiro Alvarinho Primeiras Vinhas branco 2008

Muito se falou e fala deste vinho. Depois da estreia com a colheita de 2006 e com o excelente 2007, quase que estávamos em suspenso à espera da nova colheita.
A marca Soalheiro é um dos melhores brancos da região dos Vinhos Verdes e mesmo de Portugal. São brancos que não facilitam, antes mostram o lado mais austero do Alvarinho, onde a fruta não reina, mas sim a mineralidade e as notas mais vegetais. São vinhos que aguentam bem em cave e que são um deleite para qualquer enófilo que se preze.
Em 2006, em parceria com Dirk Niepoort, é lançado pela primeira vez o Primeiras Vinhas. Como diz o nome, é um vinho feito com as primeiras castas de Alvarinho plantadas pelo produtor. Um vinho que não passa por madeira e que procura transmitir todo o potencial da casta.
Tem uma cor amarelo citrino.
Aroma fino e intenso. Nota-se uma grande austeridade, onde aparecem citrinos com lima e limão, muitos minerais, pedregoso, fumados.
Boca com bom volume e uma excelente acidez. Continua com as notas citrinas, agora acompanhadas de ananás e muito mineral. Final longo e muito fresco.
Não é um vinho fácil. Ao contrário do 2007 que, apesar da austeridade que tinha, conseguia transmitir a intensidade e a fruta típica do Alvarinho, este 2008 é muito fechado, muito austero, onde somente sentimos o seu lado mais sisudo. Temos aqui um vinho com um longo futuro pela frente, com muita qualidade, mas que neste momento, está uns furos abaixo do 2007. Talvez seja unicamente uma questão de gosto. 17.
tags: ,
publicado por allaboutwine às 13:54 | link do post | comentar