Vale D'Algares Selection tinto 2007

Produtor recente da região Tejo com vinhos de muita qualidade e que se está a tornar um caso muito sério no panorama vínico em Portugal. É também a confirmação de que a região tem alto potêncial para vinhos de carácter internacional e podem-no fazer em grande escala. Assim o queiram e possam.

Depois do belo Selection branco, um vinho feito com Viognier e com um perfil novomundista e muito apelativo, chega-nos agora a versão tinta. Claramente um upgrade em relação ao Guarda Rios, que também já me tinha causado muito boa impressão, e que pôe a fasquia muito alta nos próximos vinhos que dali sairem.

Este vinho foi feito com 60% Merlot e 40% Touriga Nacional. Estagiou durante 12 meses em barricas novas de carvalho francês. Pedro Pereira Gonçalves continua à frente da enologia da casa.
Mostra-nos uma cor escura, fechada. Aroma intenso e concentrado, onde aparecem notas florais e vegetais. Abre para algum chocolate preto e ligeira tosta. A fruta está lá, madura e elegante, com cerejas e framboesas. Saltam ainda do copo notas de pimenta preta e de baunilha. Boca bem encorpada e com uma boa acidez. A fruta está mais saliente que no aroma, onde é acompanhada de chocolate e baunilha sobre um fundo floral. Belo final, complexo e muito guloso, dominado pela fruta achocolatada.

Temos aqui um vinho extremamente bem feito. Podemos dizer que o seu perfil é um encontro entre fruta elegante, flores e notas mais adicicadas de especiarias e chocolate. Uma bela complexidade, estrutura forte, boa acidez alevam-no a um patamar alto. 17.
publicado por allaboutwine às 12:08 | link do post | comentar