CARM Reserva branco 2008

Depois de ter provado o  branco e o tinto da colheita de 2008, ambos muito bem feitos e com boa relação preço/qualidade, passei à prova dos reserva, aqui a começar pelo branco do mesmo ano.

Apresentado em garrafa borgonhesa, elegante, acompanha a nova imagem da casa. Estilo sóbrio, moderno e muito apelativo. Este branco foi feito com vinhas velhas do produtor. Temos então a Códega de Larinho, Viosinho e Rabigato. Estagiou 8 meses em barricas de carvalho francês, com direito a battonage.Tem uma cor amarelo vivo. Aroma com boa intensidade, onde se encontram notas abaunilhadas na companhia de algum vegetal e citrinos intensos, como limão. A fruta continua num pendor mais tropical, com manga e papaia. Fundo mineral e com alguma tosta. Boca encorpada e com uma bela acidez, deixando a boca a salivar. Fumo, mineral, baunilha e fruta (citrina e tropical). Final longo, com boa comlexidade e frescura.

Temos aqui um vinho com bastante qualidade, onde se nota bem a sua origem, com notas minerais abundantes bem conjugadas com a fruta e a madeira onde estagiou. Boa complexidade, fino, dá uma prova muito bem conseguida neste momento mas que não virará a cara a mais um tempo em garrafa. Um preço abaixo dos 10 euros. 17.
publicado por allaboutwine às 12:28 | link do post | comentar