Terras do Mendo tinto 2007

Temos aqui uma novidade do Dão, mais precisamente de Oliveira do Hospital.
Luis Vaz Pato, um produtor de uvas que saíam para a Adega Cooperativa de Nogueira do Cravo e que após o insucesso da mesma, aproveitou para arriscar e engarrafar o seu vinho com marca própria. Os conselhos eram favoráveis e a qualidade da matéria prima existia.
É sempre de louvar o empreendedorismo numa região que está a recuperar a passos largos. Os novos projectos vão-nos chegando e isso é muito bom sinal.
Actualmente, o produtor tem 12 hectares de vinha plantados com as castas tintas e brancas características da região. A enologia está a cargo de Elisa Lobo, uma jovem enóloga que está a tempo inteiro neste projecto.
O vinho em prova é da colheita de 2007, feito com as castas Touriga Nacional e Alfrocheiro. Estagia somente em cubas de inox.
A cor é escura, jovem. Aroma intenso numa combinação de notas balsâmicas a lembrar caruma, resinas e algum eucalipto. A fruta aparece a lembrar morangos frescos e cerejas. Ainda temos as flores, de cor violeta e viçosas. Boca de médio porte e com uma bela acidez. Está na linha do aroma, com a fruta, as flores e os balsâmicos. Final longo e saboroso.
Uma bela surpresa, um vinho que está na linha mais tradicional do Dão. Ao provarmos, sentimos as vinhas no meio de pinheiros e eucaliptos. Um projecto que entrou com o pé direito, com um belo vinho que estará no mercado com um preço a rondar os 6 euros. 16.
publicado por allaboutwine às 10:08 | link do post | comentar