Mateus Aragonês rosé 2008

Aqui está o nosso grande vinho. O vinho português que vende mais pelo mundo inteiro, talvez o vinho mais conhecido por esse mundo fora. Todo o restaurante, tasca, tem este vinho na sua carta. Impressionante. São milhões e milhões de litros por ano. Recentemente a imagem mudou, tornou-se mais moderna a apelativa, assumiu uma casta e uma identidade. Agora sabemos que as uvas são de um ano. De repente tornou-se um vinho que não envergonha ninguém, nem o mais requintado enófilo de todos. É um vinho a ter em conta, com certeza.
Tal como o nome indica, é feito com Aragonês. Sai da garrafa com uma cor rosa escuro, bonita. Aroma intenso a frutos vermelhos como morangos, framboesas e cerejas. Ligeiro toque floral a lembrar rosas vermelhas. Boca de médio porte, adocicada e com acidez mediana. Tal como no nariz, é muito frutada e com um ligeiro toque floral. Final mediano e doce.
Um rosé muito bem feito, com um perfil muito apelativo. Um vinho perfeito para um final de tarde. É difícil não gostar. 15,5.
publicado por allaboutwine às 11:51 | link do post | comentar