Dominio de Tares Godello Fermentado en Barrica branco 2008

O Godello é uma das variedades mais antigas de Espanha, já desde o tempo da ocupação romana na Península Ibérica. É característico das zonas de D. O. Valdeorras e, em menor medida, da D. O. Bierzo. Um casta de ciclo curto, com baixos rendimentos e muito propícia às doenças. Dão origem a vinhos com qualidade e muito aromáticos e com boa capacidade de evolução em garrafa.

Um dos produtores que trata bem a casta é o Dominio de Tares da D.O. Bierzo. Uma região onde as castas Godello, Palomino e o Mencia (o nosso Jaen) dominam o encepamento. É incrível a facilidade com que encontramos excelentes vinhos e com preços aliciantes nesta região, principalmente os tintos feitos com Mencia.

Este vinho em prova é 100% Godello e estagiou durante 3 meses em barricas novas de carvalho francês em contacto com as borras e com batonnage diário.
Tem uma cor amarelo citrino vivo.
Aroma com boa intensidade e que nos mostra notas citrinas, como limão e lima, com outro tipo de frutas, tais como pêras e maçãs maduras. Tudo na companhia de baunilha.
Boca com bom corpo e boa acidez. Com boa amplitude, ela transmite-nos sabores frutados, citrinos e de polpa branca. Fundo abaunilhado, aqui menos sentido que no aroma. Bom final, muito fresco e abaunilhado.

Não conhecia esta casta e devo dizer que a primeira impressão foi muito boa. É um vinho muito frutado, não muito encorpado mas com uma boa frescura e parece-me que o casamento com a madeira é muito positivo. Talvez lhe falta alguma estrutura para aguentar largos anos em garrafa, mas aguenta claramente mais algum tempo. Godello, uma casta espanhola a ter em conta. 16,5.
publicado por allaboutwine às 06:05 | link do post | comentar