Vinha da Defesa rosé 2008

Já que o calor não nos dá tréguas, volto aos rosés e neste caso a um que, geralmente, está no topo das escolhas dos nossos críticos. Uma referência dos rosés nacionais.
A imagem, como já vimos no branco, está diferente e assenta mesmo bem com a cor rosada do vinho. Dá um efeito muito bonito.
Com as uvas Aragonês e Syrah com a idade média de 8 anos, vinificação e estágio em inox, a Herdade do Esporão brinda-nos com um vinho de cor rosa escuro. Aroma intenso a frutos vermelhos a lembrar framboesas e groselhas, acompanhadas de um ligeiro toque mineral. Boca de médio corpo e boa acidez. A fruta continua a lembrar groselhas e framboesas. Final mediano, com toque adocicado mas fresco.
Como se esperava, a qualidade está lá, a comprovar uma vez mais que este produtor não brinca em serviço e que podemos confiar plenamente. Um belo rosé, frutado, toque adocicado, mas com uma frescura que compensa bem a goludice. Está no pelotão da frente dos rosés portugueses. 16.
publicado por allaboutwine às 12:31 | link do post | comentar