Cabriz Encruzado branco 2008

Vamos falar de uma granda casta, uma grande casta do Dão. Vamos falar do Encruzado. É a casta raínha da região do Dão, uma casta que geralmente dá vinhos com uma teor alcoólico elevado e com uma bela acidez. Uma casta que dá vinhos muito equilibrados, elegantes e que tanto pode ser utilizada em lote, geralmente com a Malvasia Fina e o Bical, ou também é uma casta que se dá muito bem sozinha, com ou sem estagio em barricas de madeira. A par do Alvarinho, formam a grande dupla das castas brancas portuguesas.
A Global Wines, antiga Dão Sul, produz um dos grandes Encruzado do Dão, e tem a particularidade de ser um vinho muito acessível, um vinho com uma grande relação preço/qualidade. Na versão 2008 metade do mosto estagiou em barricas e outra metade em inox.
Apresenta uma cor amarelo esverdeado. Aroma de média intensidade. Notas abaunilhadas acompanhadas de citrinos a lembrar limão. Continua com mais fruta, agora com a pêra, ameixas brancas, maças. Depois vêm as notas florais a lembrar tília. Fundo mineral. Boca com bom corpo, excelente acidez. Notas quentes abaunilhadas, fruta citrina como limão e maça verde. Final longo e muito fresco.
Um belo vinho. Pleno de fruta, elegante e com a madeira bem integrada. Um belo exemplar de um Encruzado com estagio em madeira. Com um preço muito aliciante, perto dos 6 euros, não é de perder. 16,5.
publicado por allaboutwine às 13:43 | link do post | comentar